Setor de panificação gera 45,3 mil empregos formais no Rio, destaca presidente da Firjan

Cidades Editoria Destaques (4 posts pequenos) Home

O presidente da Firjan, Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira, destacou estudo que revela: as 5,2 mil padarias localizadas no estado do Rio empregam formalmente mais de 45 mil trabalhadores, durante o Encontro Estadual do setor de Panificação e Confeitaria, que aconteceu nesta semana na cidade do Rio.

O evento teve como objetivo debater as transformações do mercado, por meio de palestras, sessões de debates e workshops e contou com a participação de 50 empresários da capital e cerca de 15 representantes das cidades de Itaperuna, Petrópolis, São Gonçalo, Friburgo, Três Rios, Niterói, Campos e da região sul fluminense. Além disso, foi entregue uma homenagem ao presidente da Firjan.

“Faço saudação à Indústria da Panificação, a primeira a abrir e a última a fechar, que tem inestimável importância social e econômica. Fizemos um levantamento que acabou de sair do forno, com base em dados do Ministério do Trabalho de 2022. A Panificação e Confeitaria é responsável por 45 mil empregos formais no estado do Rio de Janeiro. Se você multiplicar 45 por 5, que é a média de pessoas por família, são mais de 200 mil pessoas que dependem deste setor. São números que nos dão imenso orgulho”, celebrou o presidente.

Oportunidades

A inovação também foi pauta do Encontro Estadual do Setor de Panificação e Confeitaria. É o que informou Luiz Césio Caetano, 1º vice-presidente da Firjan, em seu discurso de abertura do evento. 

“Este é um encontro de empresas e profissionais do mercado de panificação e confeitaria do estado do Rio de Janeiro onde são apresentadas atualidades, tendências e inovações para o setor, distribuídos em painéis que abordam desde técnicas de gestão a estratégias de marketing”, destacou Caetano.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *