Uma hora a conta chega

Gato Maestro

Se tem uma coisa que este velho gato gosta mais do que peixe fresco é uma boa história. Imaginem vocês que, no julgamento que se iniciou na última sexta-feira, no Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro, o corregedor, desembargador Peterson Simão, não deixou o nome do ex-reitor da UERJ passar em brancas nuvens (apesar de Ricardo Lodi curiosamente ter sido poupado pela procuradora eleitoral). Conhecido por ser linha dura, Peterson Simão determinou o envio de uma cópia integral do processo para a promotoria eleitoral e criminal com o objetivo de apurar a conduta do “magnífico” que – curiosamente, parte 2 – sequer foi chamado para prestar depoimento. Permitam-me refrescar um pouco mais a memória de todos: Lodi foi candidato a deputado federal pelo PT e – curiosamente, parte 3 – poupado na representação feita por seu amigo Marcelo Freixo. Taí uma coisa que o nobre desembargador acertou em cheio: colocar Lodi no meio desse balaio de gato. Afinal de contas, segundo as próprias matérias do brilhante jornalista Ruben Berta, boa parte dos projetos que passaram pela UERJ foram dominados pelo grupo do reitor. Até personal foi pago com o dinheiro dos projetos. Aff!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *